Vice-presidente do Inter diz que Fortaleza jogou com torcida na arquibancada: “Mais de 80 pessoas”

Funcionários do Fortaleza na arquibancada do Castelão no jogo contra o Inter. (Foto: Reprodução)

Tricolor de Aço venceu por 1 a 0

O vice-presidente de futebol do Internacional (RS), Alessandro Barcelos, não poupou críticas à arbitragem e ao Fortaleza ao fim da partida em que o Colorado saiu derrotado na noite deste sábado. 19. Conforme o dirigente, o Tricolor de Aço contou com apoio de aproximadamente 80 pessoas nas arquibancadas da Arena Castelão.

Anúncios

“Não jogamos bem e perdemos. Aliás, infelizmente a arbitragem hoje foi ruim, para não dizer mais. O pênalti foi pênalti, no mínimo igual ao pênalti do Rodinei, a arbitragem foi ao VAR e tomou uma pressão aqui. Um jogo sem coordenação maior da CBF. Tinha mais de 80 pessoas nas arquibancadas do Ceará e isso é inadmissível”, disse em entrevista após a partida.

Conforme Alessandro, as pessoas nas arquibancadas teria sido responsáveis por pressionar o árbitro para não marcar um possível em pênalti em cima de Damián Musto. Caso ocorra, a presença de torcedores é proibida mediante a protocolo sanitário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Anúncios

O Leão do Pici venceu por 1 a 0 com gol do volante Felipe. Com o resultado, o time cearense chegou aos 15 pontos e a 8ª colocação da competição nacional. O clube gaúcho, por sua vez, chegou a segunda derrota conectiva.

Por meio de nota, o Tricolor de Aço se pronunciou sobre o caso: “O Fortaleza Esporte Clube vem cumprindo com todo o protocolo estabelecido pela CBF em dia de jogos. Reiteramos ainda que seguimos rigorosamente o protocolo do Governo do Estado, além das diretrizes da CBF, com o acompanhamento direto da diretoria responsável. A relação com todos que trabalham em dia de jogos é enviada para a CBF e conferida atentamente na checagem que acontece na Arena Castelão para a distribuição dos crachás de acesso”, disse o clube.

Anúncios
Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: