Fortaleza para Elas: conheça o projeto comandado por torcedoras do tricolor

Foto: Reprodução/ Twitter

O projeto foi apoiado pelo clube, pelos jogadores e torcedores

Nos últimos anos, a presença feminina no mundo do futebol vêm crescendo cada vez mais, sejam elas como jogadoras, torcedoras e como funcionárias, fazendo com que esse público passe tanto por situações boas, mas também por situações desagradáveis. Diante disso, um grupo de 4 mulheres, torcedoras do Fortaleza, resolveram resgatar um projeto criado pelo clube, e dar continuidade, abordando a questão da mulher no meio futebolístico e ter um foco na equipe de futebol feminino.

Em entrevista exclusiva para o portal Futebol Cearense, Carine Souza, uma das quatro representantes que estão à frente da página, falou um pouco de como surgiu a ideia de assumir esse projeto, que já tinha sido criado pelo próprio clube, e o que fez com que elas levassem a frente: “Começou a partir de uma briga de torcedoras rivais em uma rede social, onde uma torcedora do Fortaleza passou a receber ofensas, tudo que todas nós, mulheres, que gostam de falar de futebol e do esporte, já passamos. Então, passou na minha cabeça e da Isabele, uma outra representante, que a gente criasse um grupo, chamado “Nós por nós”, só com mulheres, para criar uma rede de apoio. O projeto do “Fortaleza para elas”, veio por que nós não queríamos que ficasse só no grupo, ouvimos muitas histórias legais, mas também ouvimos muitas histórias ruins, do que as meninas passavam no estádio, algumas com medo de ir aos jogos. A partir disso, Eu (Carine), Isabele, Karen e Mirela tivemos a ideia da criação de uma página no Instagram, resgatando um projeto do Fortaleza, para compartilhar essas histórias e lutar contra isso”.

Anúncios

Além disso, Carine reafirmou o foco principal do projeto: “É falar de mulher para mulher, pois isso está em falta. Com isso, queremos criar um ponto de apoio, para que as mulheres torcedoras, profissionais do clube, profissionais do esporte em geral, se sintam representadas”.

Com uma repercussão muito grande nas redes sociais, atingindo mais de mil seguidores em menos de um dia, com divulgação do presidente Marcelo Paz, do goleiro e ídolo Marcelo Boeck e do lateral Tinga, Carine comentou sobre a importância do apoio do time ao projeto: “Eu não esperava a repercussão que teve. Em um dia conseguimos atingir mais de mil seguidores, pois não é fácil ser mulher e falar de futebol, então, eu não pensava que fosse ter toda essa repercussão, nosso presidente Marcelo Paz, Boeck nosso ídolo e Tinga nosso ídolo também, divulgaram a página. Ficamos sem palavras pelo clube estar nos apoiando, começando pelo marketing do clube, depois o presidente e alguns ídolos, e quando você ver apoio de dentro do clube, você vê que está no caminho certo”.

A divulgação foi tão grande, que tanto as torcedoras do Fortaleza, quanto torcedoras das equipes rivais foram colaborar com o projeto, afirmou Carine, ao final da entrevista: “Como falei, formamos um ponto de apoio, então, tudo que botamos lá, rapidamente é divulgado. As mulheres estão vindo falar com a gente e esse é o principal ponto que queríamos, é isso que nós queremos, nos sentirmos representadas e representar as outras meninas. Com isso, se for ver, tem alguns comentários de torcedores rivais, nos seguindo e nos parabenizando pelo projeto, e isso é muito legal. Quando nós englobamos mulheres nos estádios, estamos falando de todas as torcedoras, pois o que eu passo no estádio, as torcedoras dos rivais também passam”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s