“A gente acabou se precipitando muito na última bola” explica Vilar após empate contra a Jacuipense

Foto: Lenilson Santos

Apesar de ser um jogo fora de casa, o resultado para o Ferroviário poderia ser melhor e Vilar falou sobre isso

O técnico do Ferroviário, Marcelo Vilar, concedeu entrevista coletiva após o empate em Salvador, contra a Jacuipense. O comandante Coral lamentou a falta de aproveitamento ofensivo da equipe nesse jogo, que foi determinante nas primeiras rodadas. Confira as aspas do treinador do Tubarão da Barra:

Diego Arruda, Futebol Cearense/ Equipe Bola na Rede: Vilar, o que faltou para o Ferroviário sair com a vitória?

Marcelo Vilar: ”Faltou o gol. Acho que o time fez uma grande partida, merecia um resultado melhor. Entretanto hoje a gente acabou se precipitando muito na última bola e aí a gente não conseguiu converter em gols, a vantagem territorial que nós tivemos.”

Anúncios

Luciano Rodrigues, ge.globo: Vilar, o Ferroviário novamente mostra superioridade e boas jogadas, mas sai novamente com um empate. O que é preciso para conseguir retomar o caminho das vitórias diante de um Paysandu que vem de goleada na rodada?

Marcelo Vilar: ”Cada jogo tem uma história. Outro jogo difícil que nós vamos ter. O primeiro jogo, nós estávamos com a vitória praticamente garantida, com um jogador a mais. Vacilamos, tomamos o gol. Nesse jogo, nós não sofremos tanto na parte defensiva, nem nos contra-ataques do adversário. Entretanto tivemos muita precipitação na última bola e acabou permitindo que não fizéssemos o gol. Eu digo para os nossos atletas que em uma competição difícil como esta, temos que buscar sempre a vitória. Entretanto quando não conseguir a vitória, pelo menos não perca.”

Foram feitas muitas mudanças em curto espaço de tempo. Foi uma escolha física ou técnica?

Marcelo Vilar: ”É, foi as duas coisas. O Diego estava com cartão amarelo. A arbitragem tava, na minha opinião estava um tanto quanto tendenciosa, marcando faltas e dando cartões para o nosso time, com dois pesos e duas medidas. O Hulk machucou, naquele momento, infelizmente. E as outras duas foram por opção técnicas. A entrada do Caíque, que é um jogador definidor e do Júlio descansado, foi essa a minha intenção naquele momento e o time continuou com o mesmo diapasão.”

O Ferroviário volta a campo no próximo domingo,20. diante do Paysandu, ás 20h, por enquanto marcado para a Arena Castelão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s