BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Ceará Entrevistas Série A

Voltando de suspensão, Luiz Otávio afirma: “nós precisamos voltar a pontuar, voltar a vencer”

Foto: Reprodução/Vozão TV

O zagueiro retorna após suspensão pelo terceiro cartão amarelo

Após duas derrotas seguidas no Brasileirão, o Ceará tem o duelo contra o Flamengo neste domingo, 13, e o zagueiro Luiz Otávio foi para entrevista coletiva no último sábado, 12, e falou sobre o adversário da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, da arbitragem e do retorno após cumprir suspensão automática contra o Internacional pelo terceiro cartão amarelo.

Luiz Otávio destaca o respeito pelo time carioca, mas jogando em casa, mesmo diante do Flamengo o zagueiro afirma que o Ceará precisa da vitória, para pontuar no Brasileirão depois de duas derrotas.

“A gente sabe da qualidade de cada jogador, não só individualmente, mas a qualidade do grupo também que tem o Flamengo, assim como nós sabemos das nossas qualidades, né? E todo potencial que a gente tem, a gente joga em casa, né? A gente tá precisando, nós precisamos voltar a pontuar, voltar a vencer. Então o professor, junto com toda comissão, já tem o plano.  E a estratégia montada para essa partida e a gente espera conseguir colocar em prática tudo que eles passar pra nós, né? Que a gente possa anular os pontos fortes deles, e possa conseguir ser eficiente naquilo que foi proposto, pra gente fazer durante a partida”, disse.

Perguntado sobre a arbitragem, e  a forma que os jogadores devem se comportar dentro das partidas, Luiz Otávio diz que o elenco foi orientado a esquecer o apito e focar no jogo. Depois falou sobre os recentes erros do time nas derrotas no Brasileirão. O zagueiro entende que todos os setores estão deixando a desejar, e ressalta o coletivo. 

“Isso cabe a diretoria do clube, né? A orientação é que a gente tenha sempre que procurar esquecer a arbitragem, jogar futebol, né? A gente tá ali dentro de campo pra fazer isso. Todo dia praticamente a gente treina finalização, acho que também não tem como só colocar o peso nos atacantes também não, né? (sobre chances perdidas) E eles sabem, eles se cobram bastante pra isso, eu creio que eles vão melhorar, mas também nós temos que fazer a nossa parte ali atrás, tem que defender, se a gente puder não levar os gols, a gente sai de campo pelo menos com um ponto, né? Então é um trabalho de um conjunto”, respondeu. 

Ausente na última partida, o zagueiro Alvinegro comentou sobre o seu retorno, e também dos outros atletas que estavam suspensos, casos de Samuel Xavier, Bruno Pacheco e Leandro Carvalho.

“A gente espera que possa agregar qualidade a equipe,  ajudar da mesma forma com que os que jogaram no jogo passado também ajudaram, né? A gente tem um grupo forte aqui, né? A gente tem que fazer o nosso melhor e a gente espera, né? Que o resultado possa ser diferente nesse domingo, até porque a gente joga em casa, a gente tem que aproveitar os jogos sobre o nosso domínio, a gente conhece, melhor aqui, mas nada vale se a gente não conseguir colocar em prática tudo aquilo que for proposto pelo nosso treinador, né?”, concluiu.

Deixe uma resposta