Após lances polêmicos, Guto Ferreira afirma que a “incompetência da arbitragem” prejudicou o Ceará

(Foto: Reprodução/VozaoTV)

O treinador foi expulso após o fim da partida

Após a derrota por 1 a 0 contra o Santos, neste sábado, 5, na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Guto Ferreira, em coletiva de imprensa, comentou sobre sua expulsão, a atuação da arbitragem e de como o Vovô jogou a partida. O treinador demonstrou muita insatisfação com o trio que arbitrou a partida.

“Não adianta nos lamentarmos, quanto mais falarmos, pior vai ser para a gente, pois a Lei protege eles. Inclusive, no final do jogo, comentei com o bandeira sobre sua incompetência, que causou prejuízo para o time, muitas vezes, causando ônus para nós treinadores e acabei sendo expulso. Tudo dentro do respeito, em nenhum momento o desrespeitei, só falei que ele foi incompetente e que a incompetência dele causou danos a nossa equipe. Então, quanto menos se falar, melhor” afirma Guto Ferreira.

Anúncios
Anúncios

Em um jogo com quatro expulsos para o lado do Ceará, Guto comentou sobre o VAR e a atuação da equipe de arbitragem na partida: “Primeiro precisamos entender o por quê das coisas, quando você não entende os critérios, fica difícil de pontuar. Cada árbitro que chega para apitar, tem seus critérios, por exemplo a utilização do VAR, por que não foi usado na lance do Samuel Xavier? Samuel foi agredido e expulso, alegando que ele também agrediu e por que não foi usado o VAR? Então, quando não se tem critério, fica difícil para você pontuar. O VAR, só vai ser justo quando houver a colocação do árbitro, perante a interpretação do lance. Enquanto o árbitro não tiver a responsabilidade de responder o que ele apitou, vai ficar nesse jogo que ambos se acham injustiçados. A partir de que ele tem a responsabilidade que tem de assumir o que ele está marcando, aí acho que as coisas vão melhorar”.

Em uma partida disputada e truncada, em que o Ceará teve boas chances para vencer a partida, o treinador falou sobre o que faltou para o time sair com a vitória diante do Santos, na Arena Castelão: “Só faltou conseguir o gol, tivemos duas ou três chances claras e em nenhuma delas conseguimos colocar a bola para dentro, sempre faltou um detalhe e eu gostaria de ter tido esse detalhe. Méritos ao goleiro da equipe santistas, João Paulo, em suas defesas e faltou um mínimo detalhe de um fundamento ou de um encaixe de pé ou de um passe a mais nas nossas oportunidades”.

Anúncios

2 comentários sobre “Após lances polêmicos, Guto Ferreira afirma que a “incompetência da arbitragem” prejudicou o Ceará

Deixe uma resposta