Cléber x Wellington Paulista: Clássico-Rei marca o encontro de dois centroavantes em ótima fase

Foto: Reprodução

Cléber e Wellington Paulista são esperanças de gols no Clássico-Rei

Quando falamos de gol, na maioria das vezes a primeira coisa que vem a nossa cabeça trata-se do famoso camisa 9. Aquele cara responsável por fazer os gols de seu time. No Ceará e no Fortaleza, isso não tem sido diferente. Cléber e Wellington Paulista são os dois maiores responsáveis por comandar os ataques do Vozão e do Leão, respectivamente. E ambos estão dando conta do recado muito bem.

O Clássico-Rei desta quarta-feira, 2, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, colocará frente a frente os dois principais responsáveis pelos gols de suas equipes. Cléber e Wellington Paulista vivem ótima fase e estão entre os artilheiros do Brasileirão.

Anúncios

Cléber, atacante de 23 anos, tem se destacado no Ceará após ter sido contratado juntamente ao Barbalha. Ele estreou pelo Vovô apenas depois da pausa do futebol, devido a pandemia de Covid-19. Mas, seus números já impõem bastante respeito.

Com a camisa do Vozão, Cléber atuou em 11 partidas, aproximadamente 800 minutos em campo. Participou cinco vezes na Copa do Nordeste e seis vezes no Campeonato Brasileiro. Nesse intervalo de tempo, o atacante marcou cinco gols, sendo dois nas finais do Nordestão e três na Série A.Uma média de 0,4 gols por partida. Se analisarmos seus números em toda a temporada, fica ainda mais impressionante. São 24 jogos e 12 bolas no fundo das redes.

Já pelo lado do Fortaleza, o experiente atacante de 37 anos, Wellington Paulista, não tem sentido o peso da idade, e vem sendo peça fundamental para o ataque tricolor. No Leão desde 2019, o centroavante é um dos capitães da equipe comandada por Rogério Ceni.

Seus números após a paralisação do futebol, assim como os de Cléber, também são muito bons. O atacante atuou em 12 partidas e fez seis gols. Média de 0,5 por partida. O ataque do Fortaleza não vivia a melhor fase no começo do Campeonato Brasileiro, porém, após Wellington Paulista receber uma sequência de jogos como titular, o setor ofensivo voltou a fluir normalmente, o que mostra a importância do atacante para o esquema tricolor. Em toda a temporada, o centroavante tem nove tentos, sendo assim, o artilheiro da equipe no ano.

O duelo entre os dois será um aperitivo a mais no Clássico-Rei, que já terá um peso enorme. Os centroavantes já se enfrentaram duas vezes esse ano, uma quando Cléber ainda era do Barbalha, e outra pela Copa do Nordeste. Cada um venceu uma vez. Agora, resta saber quem irá decidir o confronto da próxima quarta-feira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s