Árbitro relata em súmula invasão de Paulo Carneiro, presidente do Vitória; confira

Foto: Reprodução/SporTV

Paulo Carneiro quis brigar com jogador do Ceará e estava sem mascará no gramado

Na última quarta-feira, 26, Vitória e Ceará entraram em campo pelo jogo da volta da 3ª fase da Copa do Brasil. Em um jogo de sete gols, três expulsões e três pênaltis marcados, o Vovô levou a melhor, venceu por 4 a 3, de virada, e se classificou para a próxima fase da competição.

Contudo, o jogo foi marcado foi uma situação atípica no futebol brasileira. Após o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior encerrar o primeiro tempo da partida, o presidente do Esporte Clube Vitória, Paulo Carneiro, invadiu o campo sem utilizar a máscara, desrespeitando às normas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e proferiu palavras contra a honra do juiz. Em súmula, o árbitro relatou o acontecido.

Anúncios

“Após o término do 1º tempo, o Sr. Paulo Roberto de Souza Carneiro, presidente do E.C. Vitória, invadiu o campo de jogo sem utilizar máscara, desrespeitando as diretrizes da competição.
O mesmo veio em direção a equipe de arbitragem, e foi contido pelo policiamento. Cito que o mesmo proferiu as seguintes palavras gritando a este árbitro: “seu moleque do caralho, vagabundo, sem vergonha, olha a merda que você fez, veio roubar a gente aqui, mas aqui você apanha seu vagabundo”. Sendo que me senti ofendido em minha honra.” – relata o árbitro.

O árbitro da partida também relatou que, além de invadir o campo para protestar contra a arbitragem, Paulo Carneiro, na saída do gramado, xingou e ameaçou o meio-campista, Vina, do Ceará, frente às câmeras de transmissão do SporTV, quando o atleta estava concedendo entrevista para o canal, tendo que ser contido pela equipe de assessoria do rubro-negro baiano.

Anúncios

“Informo que o citado logo após os fatos narrados, se dirigiu próximo ao vestiário da equipe do Ceará, onde se encontrava o atleta de n°29 Sr. Vinícius Goes Barbosa de Souza, que estava concedendo entrevista, proferindo as seguintes palavras em tom de voz alta: “aqui se apanha, seu vagabundo, você sabe que aqui você apanha, comigo a história é outra. Fica caladinho aí seu vagabundo, lê dou porrada”.
o mesmo foi contido por um funcionário e atleta da equipe E.C. Vitória.”

Após o acontecido, o Gerente de Comunicação do Ceará, Bruno Reis, relatou em suas redes sociais que Paulo Carneiro estava assistindo o jogo de dentro do campo, o que não é permitido pela CBF.

Paulo Roberto Alves Júnior ainda relatou que o atacante Léo Ceará, expulso ainda no primeiro tempo, após discutir com o volante Charles, da equipe alvinegra, também invadiu o campo após o término da partida, sendo contido pelo seus companheiros de time.

Anúncios

“Informo que após o término da partida, o Sr. Leonardo de Sousa Pereira, que já havia sido expulso durante a partida, invadiu o campo de jogo, sem máscara, desrespeitando as diretrizes da competição, seguindo em direção a equipe de arbitragem, porém no caminho foi contido pelos seus companheiros de equipe, retornando ao seu vestiário.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s