Em semana de Copa do Brasil, relembre participações históricas do Ceará

Foto: Agência RBS

Equipe alvinegra já esteve muito perto de ser campeã do torneio, em 1994

Nesta quarta-feira, 26, o Ceará vira a chave e entra em campo pela Copa do Brasil, diante do Vitória, no Estádio Manoel Barradas (Barradão), às 21h30. Disputando vaga na 4ª fase da competição, o Vovô possui, além da vantagem no confronto, um retrospecto positivo na copa mais democrática do país. Vice-campeão em 1994, chegando até as quartas em 1993 e 1997, além de duas semifinais, 2005 e 2011, o alvinegro foi o clube cearense que mais esteve perto de levar o título. Confira detalhes dessas participações:

Anúncios

1993

No ano de 1993, o Ceará fez sua primeira grande campanha na competição. Nesse ano, o Vovô, que já contava em seu elenco com Sérgio Alves, chegou até as quartas de finais. Após eliminar o Sport com duas vitórias, o Mais Querido teria pela frente o Vasco de Valdir “Bigode”. Com derrota no Castelão e em São Januário, o alvinegro deu adeus à competição.

Foto: Reprodução/Site do Vozão

1994

Um ano depois, em 1994, o Ceará realizaria sua melhor campanha na história da Copa do Brasil. O time comandado pelo soldado alvinegro, Dimas Filgueiras, continha em seu elenco nomes como Sérgio Alves, Elói e Chico. Naquele ano, o time alvinegro não havia feito um bom campeonato estadual. Além disso, o começo na competição não foi fácil. Foi então que com a chegada de Dimas tudo mudou. Passando por equipes como Palmeiras e Internacional, além do modesto Linhares-ES, a equipe chegou até a final onde enfrentaria o Grêmio. No Castelão, o jogo ficou 0 a 0. Na volta, no Olímpico, em Porto Alegre, os gaúchos venceram por 1 a 0 e ficaram com o troféu. Contudo, os alvinegros reclamam um pênalti não marcado sobre Sérgio Alves. O árbitro era Oscar Roberto de Godói.

Foto: Reprodução/Site Grêmio 1983

1997

Nessa temporada, mais uma vez o Ceará foi longe, chegando até as quartas, assim como em 1993. Porém, o resultado não foi equilibrado como em anos anteriores. Enfrentando o Palmeiras de Velloso, Djalminha, Luizão e cia, o alvinegro foi goleados duas vezes. No Castelão, 5 a 2, no Parque Antártica, 5 a 0, ambos os resultados para os paulistas.

Anúncios

2005

O começo da década não costuma trazer boas lembranças para o torcedor alvinegro. Crise financeira e lutas contra rebaixamento: esse era o cenário que rondava Porangabuçu. Entretanto, mais uma vez, a tradição em Copa do Brasil prevaleceu no ano de 2005. Fora das finais do estadual daquele ano, o Ceará, que contava em seu elenco com Adilson e Maurílio, chegou até a semifinal daquele ano, após passar por equipes como Flamengo e Atlético-MG. Na fase de semi, outro carioca: Fluminense. Após um empate em 2 a 2 no Rio de Janeiro, o Vozão acabou sendo goleado no Castelão por 4 a 1.

Foto: Walber/Ag. Estado

2011

Embora tenha sido o ano do rebaixamento para a Série B, o torcedor alvinegro tem motivos para lembrar com carinho do ano de 2011. Com a alcunha de “Carroça Desembestada“, o time que contava com Geraldo, Osvaldo, Iarley e cia, foi longe e bateu de frente com gigantes. Mesmo chegando até a semi, onde foi eliminado para o Coritiba, o que marcou a campanha alvinegra foi a vitória sobre o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho. Vencendo a primeira partida com gols de Geraldo e Marcelo Nicácio, o Mais Querido chegou até a semifinal ao empatar em 2 a 2 com o time carioca. Washington foi o autor dos dois gols do Ceará, em partida realizada no reformado Estádio Presidente Vargas (PV).

Foto: Paulo Sérgio
Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s