Com ótimos números, Cléber se destaca no início da Série A

Foto: Pedro Chaves

Atacante precisa de poucas finalizações para marcar um gol

O atacante Cléber, do Ceará, teve recentemente seu contrato prorrogado até 2023 (antes iria até 2022). Além do aumento de duração, houve um acréscimo no salário e na multa contratual do atleta. Isso aconteceu em função do jogador ter excelentes atuações após a volta do futebol.

Cléber, que já se destacou na Copa do Nordeste, fazendo gol nas duas partidas da final, manteve o bom nível também no Campeonato Brasileiro. Apesar do Vovô não ter tido um ótimo começo de campeonato, o atacante não deixou de se destacar, e continuou contribuindo com gols.

Já são três gols, em cinco partidas jogadas pelo alvinegro na Série A. Além disso, o atleta chama atenção por ser o jogador, entre todos que estão na divisão de elite do nosso futebol, que precisa de um intervalo de tempo menor para fazer gol. São necessários 97 minutos para Cléber balançar as redes dos adversários. Outra marca, é que o centroavante precisa de apenas três chutes ao gol para balançar as redes, o que mostra uma boa eficiência ofensiva.

Apesar de aparentar ser um centroavante com uma mobilidade menor, Cléber prova o contrário. O atleta tem se movimentado bastante para dar opção de passe para os companheiros, ou para abrir espaços na defesa adversária. Confira o mapa de calor do atleta:

Próximo jogo do Vozão será na quarta-feira, 26, pela Copa do Brasil, contra o Vitória. Cléber não poderá atuar, pois já participou da competição quando jogava pelo Barbalha.

Deixe uma resposta