BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Fortaleza Série A

Próximo adversário do Fortaleza, Goiás confirma mais dois casos de covid-19

Foto: Goiás

O clube Esmeraldino tem um jogo a menos por motivo de casos da doença em seu elenco, suficientes para o adiamento da partida contra o São Paulo na primeira rodada

Com um campeonato nacional de futebol começando em meio a uma grave pandemia, em um país que não conseguiu controlar o avanço do contágio do vírus e tem estados passando por momentos diferentes e um fraco protocolo de segurança que tolera um clube com 10 casos desta mesma doença no elenco, sendo 8 titulares da equipe, e o jogo seguiria sem qualquer mudança, o que podemos esperar disso tudo? Essa é a situação atual do Brasileirão.

O Goiás teve seu jogo de estreia adiado por ter 12 casos de covid-19 em seu elenco, sendo 8 titulares. Mas não foi a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), responsável pelo protocolo de segurança sanitária quem determinou a mudança de data da partida. O próprio clube entrou no Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD), solicitando a mudança de data. Os jogadores da base do Esmeraldino foram convocados as pressas e chegaram a entrar em campo para o aquecimento, quando saiu a determinação para a não realização do jogo naquele dia.

Anúncios

Três dias depois do ocorrido, o Goiás entrou em campo contra o Athletico, quando foi derrotado por 2×1. Contrariando o tempo ideal de isolamento recomendado pelos especialistas, mesmo Ney Franco usando outros atletas. Já que há a possibilidade de contato dos atuais titulares, com aqueles que foram contaminados. Fora o prejuízo técnico do Verdão.

Agora, o Goiás receberá o Fortaleza, na Serrinha, às 20h30 da próxima quarta-feira, 19. O clube anunciou nesta terça-feira, 18, mais dois casos de covid-19 no elenco.O verdão também tem a expectativa para o retorno de nove atletas para essa partida, depois de terem cumprido a quarentena exigida e se recuperado da doença.

No Leão, até o momento, nenhum atleta testou positivo durante o Brasileirão. Mas na abertura do torneio, o técnico do time rival, Dorival Júnior (Athletico) comunicou poucos dias depois que estava infectado.

Anúncios

Deixe uma resposta