“Foi uma façanha de um trabalho muito legal”, destaca Guto sobre título invicto com o Ceará

Foto: Tiago Caldas/Correio

O treinador venceu todos os cinco jogos da reta final da Copa do Nordeste no pós-pandemia

Ainda em clima de festa,o técnico Guto Ferreira falou após o apito final da partida que deu o bicampeonato invicto da Copa do Nordeste ao Ceará. Bastante feliz e satisfeito com o que sua equipe rendeu, o treinador falou sobre a entrega de seus jogadores e a importância do título para sequência da temporada do alvinegro.

Em relação a tranquilidade que o título trará, Guto ressaltou a moral que o técnico ganha com seu grupo de atletas: “É muito importante porque você já parte de um patamar de confiança, os atletas passam a confiar naquilo que nós estamos passando, eles estão vendo que com isso eles conseguem atingir objetivos importantes, e o mais importante são os jogadores, o mais importante é que eles estejam querendo e se dedicando, quem realiza são eles”.

Anúncios

Quando foi campeão pelo Bahia, Guto Ferreira não teve a oportunidade de ser campeão invicto. Pelo Ceará, Guto consegue esse feito e coloca o Vozão como único time a conquistar duas vezes o torneio desta maneira. O técnico enalteceu esse feito e deu méritos a Argel Fucks e Enderson Moreira, que também comandaram o time na competição.

“Invicto, talvez tenha um outro campeão, agora bicampeão invicto, o título de 2015 foi invicto e o de 2020 invicto. Eu acho que foi uma façanha de um trabalho muito legal. Parabéns pro Argel, parabéns pro Enderson e parabéns aos jogadores que estão colhendo os frutos de tudo isso”, ressaltou o treinador.

Com muita imposição física no seu estilo de jogo, Guto destacou a humildade dos atletas Alvinegros, em entender suas funções tanto dentro como fora de campo nestes cinco jogos que levaram o Ceará ao título.

“[…] jogadores que não se privaram de enxergar o melhor para o nós, de entender o momento que tinha de estar dentro de campo, o momento que tinha de estar fora apoiando e o momento que muitas vezes nem no banco ia ficar, sempre com muito respeito e apoio ferrenho a quem ia para dentro do campo. Quando isso acontece, tudo frui e aí você se supera, e você ultrapassa obstáculos importantes e consegue vitórias como essa”, falou Guto Ferreira.

Anúncios

Agora o Ceará volta para a capital cearense, onde o time já começa preparação para iniciar o Campeonato Brasileiro, no sábado, 8, às 21 horas, na Ilha do Retiro, contra o Sport.

Outros trechos da Coletiva de Guto Ferreira

Sobre a chegada ao Ceará

– Acho que desde o início quando começamos o trabalho, ficamos três meses sem poder treinar e a gente fazendo Lives com os jogadores né?, já nas Lives os jogadores mostravam uma convicção do que queriam, e quando nós começamos a trabalhar no dia a dia isso passou a ser efetivado, nós utilizamos 28 ou 29 jogadores nos últimos 5 jogos, todos que tiveram em campo deram seu melhor e hoje a gente colhe o trabalho deles, e o trabalho de muita gente que tá na retaguarda e nem aparece. No Ceará a gente chegou e desde o primeiro instante confiaram na gente, cofiaram a diretoria, confiou o torcedor, confiou os jogadores, e o que eu realizei, não realizei sozinho, quem realizou foi os jogadores, a gente contribuiu para tudo isso.

Anúncios

Sobre a qualidade do elenco

– O que eu posso falar é dentro desta competição, da entrega, a personalidade, profissionalismo, e um grupo que sabe o que o quer, um grupo que se tornou campeão invicto por quê? Porque desde o primeiro momento sabia o que queria. Agora há pouco tempo nas conversas eles falavam – a gente sabe que a gente pode mais, a gente sabe que podemos melhorar –, porque na vida a gente tem que está melhorando todos os dias, dia após dia. Uma conquista para dar moral. Mas amanhã ou depois começa o campeonato e já passou.  A gente tem que seguir cada vez mais forte e fazendo cada vez melhor. Isso tá na cabeça deles.  

Sobre ser pouco valorizado no cenário nacional

– Eu acho que estou sendo valorizado, estou tendo um projeto da magnitude do Ceará, conseguimos trabalhar com profissionais do nível que eu tenho dentro do Ceará, com uma direção que pensa grande. As vezes está se falando de porque pode ter uma camisa mais pesada aqui ou ali, mas eu acho que o mais importante é você tá feliz, hoje eu estou feliz no Ceará, tenho contrato com Ceará e vou buscar honrar esse contrato, amanhã ou depois se surgirem outros projetos, e o Ceará dentro dos projetos não for o melhor, aí nós vamos conversar, vamos ver. A questão da valorização é muito importante, ultimamente eu tenho sido muito feliz onde estou, e a gente tem conseguido realizar bons trabalhos, e paro pouco em casa, fico pouco sem trabalhar, se a gente consegue resultado sempre tem clubes que desejam, isso é importante e acho que isso também é valorização.

Sobre a entrega do elenco durante os cinco jogos finais da Copa do Nordeste

– A medida que nós fomos jogando, a medida que eu fui conversando com os jogadores a gente percebia um proposito muito grande na cabeça deles, eles sabiam o que eles queriam, canalizar tudo isso passou muito pelas lideranças do grupo, pela humildade dos jogadores dentro do clube, jogadores que não se privaram de enxergar o melhor para o nós, de entender o momento que tinha de estar dentro de campo, o momento que tinha de estar fora apoiando e o momento que muitas vezes nem no banco ia ficar, sempre com muito respeito e apoio ferrenho a quem ia para dentro do campo. Quando isso acontece, tudo frui e aí você se supera, e você ultrapassa obstáculos importantes e consegue vitórias como essa.      

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s