Após vitória contra o Fortaleza, Guto Ferreira afirma: “Clássico não se joga, clássico se ganha”

Foto: Reprodução/Vozão TV

Na noite da última terça-feira, 28, o Ceará conquistou a venceu o Fortaleza por 1 a 0 e garantiu a vaga na final da Copa do Nordeste. Em uma entrevista coletiva após o jogo, o técnico do alvinegro, Guto Ferreira, comentou sobre a entrada de Klaus, Cléber e elogiou a performance de Fernando Sobral e Charles.

Anúncios

Luiz Otávio foi expulso na última partida contra o Vitória e quem entrou no seu lugar para encarar o Leão foi o zagueiro Klaus, autor do gol do jogo. “O Klaus normalmente entraria, opção do Klaus com as jogadas um pouco mais rápidas do que o Brock e a gente precisava manter esse perfil que vinha porque o time do Fortaleza é muito decisivo, muito rápido nas ações e o Klaus é um jogador muito forte também no jogo aéreo, dentro da área até então que fez o gol nosso”.

Guto ainda citou a derrota em relação ao último duelo contra a equipe Tricolor e a entrada do atacante Cléber: “A entrada do Cléber foi sim para ter detensão de bola. É como a gente ia jogar tirando o espaço do Fortaleza, gosto que marque alto. No primeiro jogo, nós tentamos marcar alto, não fomos felizes, embora a gente tenha perdido o jogo em duas bolas paradas. Pela a sequência de jogos, fazer o time mais ativo no contra ataque, tirando os espaço dele (Fortaleza), fortalecendo a zaga na entrada da área e para isso como ele pressiona muito”, afirmou.

Assim, Guto parabenizou a todos da equipe, dos jogadores que estiveram dentro e fora, do staff, equipe médica, que segundo ele, recuperou o Fabinho, Klaus, William Oliveira e Leandro Carvalho em pouco tempo.

Anúncios

Após o primeiro revés e alguns questionamentos sobre os eu trabalho, Guto Ferreira foi categórico: “Clássico não se joga, clássico se ganha”.

Os jogadores que entraram bem na partida, segundo o treinador, foi o meia Fernando Sobral e o volante Charles. O técnico enalteceu os trabalhos dos dois dentro de campo. “Tenho elogiado o Fernando desde que eu retomei ele na equipe, porque tem um trabalho tático muito importante. É um jogador que tanto ele como o Charles ocupam muito espaço, o que facilitam que os outros da equipe jogar. Então são dois jogadores que não jogam para eles, jogam principalmente para a equipe. Honram, se entregam muito, você ver que nos 45 e 46 do segundo tempo, o Sobral tava no pique de ponta a ponta, quem dera eu se tivesse mais dois Sobral no time e uns dois Charles ia ficar melhor ainda”, disse ele.

Agora, o Vovô espera o vencedor de Bahia e Confiança, que jogaram nesta quarta-feira, 29, em Pituaçu, na Bahia. A final do Nordestão será assim disputada em dois jogos, o primeiro sendo sábado, 1º de agosto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s