O que ganham Ceará e Fortaleza com reforços de Fabinho e Tinga? Confira uma análise sobre os dois jogadores

Foto: Divulgação

Jogadores reforçam vovô e leão na reta final da Copa do Nordeste

Ceará e Fortaleza irão duelar nesta terça-feira, 28, em busca de uma vaga na semifinal da Copa do Nordeste. O duelo promete muitas emoções e será o segundo embate entre os técnicos Guto Ferreira e Rogério Ceni comandando os clubes. No dia 15, há duas semanas, o leão levou a melhor no Clássico-Rei do Campeonato Cearense.

No regional, vovô e leão se garantiram na semifinal após baterem Vitória e Sport, respectivamente. Para o clássico, Guto tem dificuldades para montar o time titular. Além de ter perdido o zagueiro Luiz Otávio, expulso nas quartas de final, o comandante alvinegro ainda não sabe se poderá contar com os atacante Rafael Sóbis e Rick. Os dois atletas saíram lesionados na partida contra o Vitória e serão avaliados no dia do jogo. Já pelo lado tricolor, Ceni terá todo seu elenco a disposição.

Anúncios

Isso acontecerá porque o lateral-direito Tinga, recuperado de uma lesão na coxa viajou para Salvador e se juntou a delegação leonina. Por outro lado, Guto Ferreira também terá reforço no elenco do vovô. Os volantes Fabinho e William Oliveira saíram do Departamento Médico e viraram opções para a partida decisiva.

Dois desses três jogadores já foram figuras importantes em suas equipes. Tinga é titular e fundamental para a equipe de Rogério Ceni desde 2018. Na temporada, o lateral-direito é o líder em assistências para gols no Fortaleza com cinco e o vice-líder em produtividade (gols + assistências) com sete, marcando dois gols contra Barbalha e CSA.

Para Diego Ângelo, analista do Taticast (o.taticast), portal cearense sobre táticas, o Fortaleza ganha ofensividade caso Ceni opte por escalar Tinga: “Com o Tinga, o Fortaleza ganha ofensividade. Os números mostram a quantidade de gols e assistências. Ele também vence bons duelos aéreos na bola longa do Felipe Alves. Se for pra entrar construindo com Felipe e Juninho, ele consegue fazer bom apoio do lado direito, com boas ultrapassagens. Também na bola parada, ele faz muitos gols de cabeça, principalmente nos escanteios. Ele é uma situação que o Fortaleza ganha muito na ofensividade.

Anúncios

No Ceará, Fabinho foi um dos destaques do clube na Série A do Campeonato Brasileiro de 2019. O volante do vovô foi o segundo jogador da competição em desarmes e o sexto em interceptações. Também foi o líder do clube em duelos aéreos ganhos (15) , em disputas vencidas (13) e o terceiro em duelos no chão.

Apesar da boa temporada, Fabinho pouco jogou em 2020. Além da paralisação do futebol devido a pandemia do novo coronavírus, o atleta sofreu um lesão. O volante de 33 anos pode fazer sua primeira partida sob o comando de Guto Ferreira no Clássico-Rei. Os noves jogos de Fabinho no ano foram com Argel Fuck (3) e Enderson Moreira (6).

Para Diego Ângelo, Fabinho pode auxiliar Charles defensivamente, já que na teoria, o Fortaleza terá mais posse de bola:”Será um auxílio defensivo para o Charles.É um jogador de características defensivas. O Ceará ganha um poder maior defensivo, podendo explorar assim os contra-ataques. O Ceará agora joga mais com pontas de velocidade do que de retenção de bola”.

Vale lembrar que dificilmente Tinga e Fabinho iniciarão a partida entre os titulares, mas sem dúvidas são reforços de peso para Rogério Ceni e Guto Ferreira.

Dados: Taticast – O seu portal cearense sobre táticas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s