Artilheiro da Copa do Nordeste, Vina destaca “Gosto de jogar mais perto do gol”

Foto: Divulgação/Ceará SC

O meia Alvinegro é um dos artilheiros do regional com 4 gols marcados

Depois de vencer o CRB por 2 a 1, pela última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. O Ceará agora se prepara para enfrentar o Vitória nas quartas de finais do regional. Com toda competição acontecendo em Salvador, a partida decisiva acontecerá no sábado, 25. Vinicius, escolhido para coletiva de hoje, 23, respondeu a perguntas enviadas por jornalistas através de mensagens.

Com muitas chances criadas e pouca efetividade na frente, Vinicius falou sobre as oportunidades perdidas pelo Ceará, assim como contra o Ferroviário, na partida contra o CRB o time deixou a desejar nas finalizações.

Anúncios

“A gente está retomando uma sequência de jogos depois de muito tempo parado é óbvio que a gente vai pegado ritmo de jogo, vai ficando mais tranquilo, a confiança vem vindo. Isso vai ajudar na sequência, para bola começar a entrar, e naquela ansiedade de querer resolver logo, então, tenho certeza que treinamento não está faltando é mais ritmo de jogo. É chegar no jogo e fazer a melhor a escolha, o toque final ali, a finalização certa. Com a sequência de jogos, no decorrer do ano a bola vai começar a entrar”, destacou o meia Alvinegro.

Ontem, 22, após Ricardinho errar a batida do primeiro pênalti marcado a favor do Ceará, Vinicius foi para bola na segunda oportunidade que o time teve em outra marcação (essa bem questionável da arbitragem) e guardou a bola no fundo do gol. O atleta foi questionado sobre ser o batedor oficial, ele ressalta que é muito do momento de cada jogador na hora que a penalidade acontece.

“Eu acho que o Ceará estar bem servido de batedores, é óbvio que por um ou outro pênalti errado você não pode julgar, eu mesmo esse ano tive a infelicidade de perder um pênalti, ainda mais no clássico. Mas eu continuei treinando, é óbvio, que o Ricardinho tinha feito contra o Sport e ele tinha a preferência, eu tenho total respeito por ele e pela história dele no clube. Quando saiu o segundo pênalti ali voltei a ficar à disposição, venho treinando para isso. Fui feliz de fazer o gol, óbvio que a confiança volta e se tiver outros pênaltis, acho que é muito do momento”, afirma Vinicius.

Acostumado a enfrentar o Vitória na sua passagem marcante pelo Bahia, o meia prega respeito ao clube e coloca a importância da partida na Copa do Nordeste pros objetivos do clube.

Anúncios

“Óbvio que minha passagem pelo Bahia ficou marcada contra o Vitória, mas hoje eu defendo as cores do Ceará e tem que respeitar a equipe do Vitória. Mesmo um jogo sem torcida, é um jogo importantíssimo, quartas de finais, matamata, que a gente possa entrar ligado, que nosso objetivo aqui é um só, que é conquistar o título. Então que a gente possa descansar bem, se preparar bem. Alinhar o que a gente tem que alinhar com Guto para entrar preparado no jogo de sábado e se Deus quiser saí com a classificação para semifinal”, disse o atleta.

Um dos artilheiros da Copa do Nordeste, Vinicius falou da sua afinidade com os gols e da importância de ter entendimento do que Guto Ferreira coloca de ideia de jogo: “Eu sou um cara que no decorrer da minha carreira eu procurei treinar mais finalização, está perto do gol e isso facilita bastante, sempre está ali perto do atacante, perto do gol. Já trabalhei com o Guto e ele sabe que eu gosto de jogar mais perto do gol, o esquema também facilita, mais é isso. É treinamento, entender o que o treinador tá passando. É um trabalho que se iniciou do zero, a margem de entrosamento tudo, a gente tem que entrosar o máximo possível, entender o mais rápido possível a metodologia do Guto, para quando entrar em campo saber o que cada um está fazendo e sua posição”.  

A partida contra o Vitória está marcada para às 16h de sábado, 25. Com portões fechados o Estádio Pituaçu receberá esse jogo decisivo das quartas de finais do Nordestão.  

Anúncios

Deixe uma resposta