Em coletiva, Fernando Prass fala sobre oscilação do Ceará: “Trocamos de treinador três vezes”

Foto: Pedro Chaves/FCF

O goleiro do Alvinegro falou sobre o tempo parado, sua condição física atual e Copa do nordeste

O goleiro do Ceará, Fernando Prass, participou de uma entrevista coletiva antes do duelo decisivo contra o CRB, pela Copa do Nordeste. O arqueiro comentou o peso do confronto, os objetivos na temporada e o as mudanças de treinador no Vovô.

Com tantas competições ao mesmo tempo do futebol brasileiro, ficou mais simples desligar a chave do Campeonato Cearense, onde o Ceará ta na final, para ligar a chave da Copa do Nordeste?

Olha, a gente ta acostumado com essa constante troca de competições. Campeonato Brasileiro a gente tem, aqui no Ceará tem campeonato estadual, Copa do Brasil, Copa do Nordeste, praticamente simultâneos, ne. No segundo semestre o Brasileiro. Não é fácil, porque são regulamentos diferentes, adversários diferentes, são fases diferentes. Agora óbvio que nesse modelo que foi formato por causa da Pandemia. A gente vai ficar em Salvador pra disputar a Copa do Nordeste até o final. É mais fácil de focar a tensão em um determinado campeonato, até porque a gente volta à disputar o Campeonato Cearense só depois de terminar a Copa do Nordeste.

Anúncios

Depois dessas três partidas que o time fez pelo Estadual, você acredita que o time está em crescimento?

Eu acho que sim. Essa paragem foi ruim pra todo mundo. Foi quatro meses praticamente sem jogos. Três meses sem treinamento. Isso dificulta qualquer trabalho. Obvio que pra gente que tava sem comando, as coisas demoram um pouquinho mais eu acho que depois de um determinado tempo, a gente só vai conseguir evoluir nos jogos, trabalhando em cima das adversidades, do que as partidas vem nos apresentar como dificuldades.

O restante da copa do nordeste vai ser aqui na Bahia. Você acha, você entende que os times baianos podem levar alguma vantagem por jogar em campos que já conhecem?

Não. A única vantagem que o cara tem, é a torcida. Como não vai ter torcida… Hoje os campos seguem mais ou menos um padrão ne, principalmente os clubes de Série A seguem um padrão de grama, principalmente de dimensões que eu acho que afetaria mais ne.

Vencendo a equipe do CRB o Ceará está classificado para a próxima fase da Copa do Nordeste. como deve ser a postura da equipe?

A gente tem que pensar no jogo do CRB, obvio ne, porque é o jogo que nos dar a possibilidade de continuidade do time na competição, mas também pensando no futuro como evolução, como equipe. Como eu falei, a gente é uma equipe que trocou de treinador pela terceira vez, vinhemos de quatro meses sem jogos, sem competição. Então a gente óbvio que tem que pensar no jogo especificamente do CRB, porque é o jogo que vai nos dar a condição de continuar na competição. E a postura que a gente tem que ter, eu acho que não é por ser o jogo contra o CRB, por ser o jogo da classificação, a gente tem que ter a postura que nos defina como equipe, seguindo as ideias táticas do treinador, pra que a gente consiga o mais rápido possível incorporar as novas mentalidades que o treinador ta tentando colocar.

Qual a sua avaliação a cerca do seu rendimento nesses jogos pós pandemia?

Eu acho que jogador falar depois de quatro meses de parada sem jogos, a perda do ritmo competitivo por mais que se tenha treinamento, a gente perde muito na questão competitiva. Ainda mais a gente que é atleta de alto nível, que vive sempre no limite. Então não é em dois, três, quatro, cinco jogos que você vai adquirir teu nível normal ne. Mas para a circunstâncias, quatro meses sem jogos, três meses sem treinamentos, pior que três meses em casa, trancado sem condições praticamente nenhuma de treinar numa normalidade eu acho que, falando individualmente eu to dentro de um nível aceitável. Não no meu melhor, óbvio, to muito longe ainda. Mas como eu falei pro nível competitivo, e isso a gente só vai adquirir com os jogos ne. Mas eu acho que dentro de um cenário que a gente ta vivendo de quatro meses de inatividade, a gente ta dando uma resposta.

A equipe de Porangabuçu viajou na segunda-feira, 20, para Salvador e terá de vencer o CRB, no Barradão, para garantir vaga nas quartas de finais da competição regional, sem depender de outros resultados. A partida ocorrerá simultaneamente à mais cinco outros jogos. Todos serão às 20h desta quarta-feira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s