Técnico do Atlético-CE destaca: “fundamental para o projeto da equipe essa vaga na Série D 2021”

Foto: Kelly/Atlético Cearense

A equipe da Lagoa Redonda garantiu vaga na competição nacional em 2021

O técnico Raimundo Vágner falou para a imprensa na tarde desta segunda-feira, 13, após o triunfo no retorno do estadual e sobre o objetivo alcançado da equipe. O Atlético Cearense, que venceu o Caucaia no placar de 3 a 0 pela a volta do Campeonato Cearense 2020, garantiu uma vaga para disputar o Campeonato Brasileiro da Série D em 2021. Coma vitória, a equipe mantém chances de se classificar para as semifinais do estadual, mas o principal objetivo já foi alcançado, que era o calendário completo no próximo ano.

O treinador comentou como a competição é difícil e falou sobre a disparidade física das equipes devido o período sem treinamentos, além de valorizar a vaga na Série D do próximo ano.

Anúncios

“É muito especial o momento para mim, para o clube conseguir essa classificação dentro do campo. Mostrando hoje, apesar da gente saber que o Caucaia não tinha uma condição física, como a gente tinha. Então procuramos explorar isso, foi difícil essa situação para todo mundo. Estou feliz por conseguir. Então é fundamental para o clube, para o projeto da equipe, essa nossa vaga na Série D 2021”.

Então, o treinador ressaltou que a condição física dos atletas foi primordial para a vitória e a condição que a diretoria deu fortaleceu os jogadores. Os mandatários do Atlético Cearense, apesar da crise financeira, conseguiram um bom aporte estrutural para os atletas nesse retorno. Assim, o clube já tem um calendário fixo para o próximo ano, estadual e quarta divisão, mas ainda busca uma vaga na semifinal.

Raimundo Vágner ainda citou que tem um respeito muito grande pela a equipe do Caucaia e a admiração pelo técnico da equipe, Oliveira Canindé.

“A gente tem um respeito ‘danado’ pelo clube do Caucaia, o treinador é uma das pessoas que eu tenho muita admiração, Oliveira Canindé. E esse elenco que jogou aqui (Estádio Raimundão) é de muita qualidade. A gente sabe que eles sentiram o jogo, era o planejamento da gente intensificar o jogo e sabíamos que o Caucaia não estava com um tempo de preparação física” disse ele.

Anúncios

Sobre o duelo frente a Raposa, o técnico destacou que a parte física influenciou no momento certo da partida tanto pelo o horário quanto a falta de preparação adequada do rival.

“Acho que fomos até bem demais no jogo, os garotos que entraram nos ajudaram a manter esses adversários. Três a zero, três pontos com a classificação garantida para a Série D, então nos deu um direito de relaxar um pouquinho e já pensar no jogo contra o Pacajus”, afirmou.

Sobre a volta da segurança em campo por causa da pandemia do novo coronavírus, Raimundinho lamentou sobre as percas durante este período. “

“A gente fica imaginando tudo que vem acontecendo, as percas que aconteceram dentro desse covid, lamentamos muito, queríamos estar com uma forma diferente, com o torcedor, mas infelizmente, com o que vem acontecendo, nos deixa muito triste. É comemorar um pouquinho, mas não pode perder o foco dos cuidados, de está em casa e só sair quando for necessário”.

A Águia da Precabura entra em campo na próxima quarta-feira, 15, valendo uma vaga na semifinal do Campeonato Cearense. A equipe precisa vencer o Pacajus e torcer para que o Guarany de Sobra tropece diante do Barbalha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s