Entenda como o imbróglio entre Globo e Flamengo pode afetar Ceará e Fortaleza

Foto: Divulgação

Campeonatos deficitários e calendário enxado devem fazer Globo valorizar ainda mais o Brasileirão e diminuir os investimentos nos Estaduais.

 
Na segunda-feira, 29, o Grupo Globo entrou na justiça com pedido de liminar para que o Flamengo não transmitisse seu jogo contra o Boa Vista, válido pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O jogo aconteceu na quarta-feira, 01. Um dia após o juiz da 10ª Vara Cível do Rio de Janeiro Ricardo Cyfer negar o pedido da emissora, o time carioca transmitiu a partida na FlaTV, canal do clube no Youtube, respaldado pela MP 984, Medida Provisória que cede ao clube mandante o direito de transmissão de uma partida.

Anúncios

A partir de então, esses acontecimentos desencadearam uma série de decisões que podem afetar não só o Grupo Globo e Flamengo, mais todos que estão inseridos no futebol brasileiro. Então, é importante que nós aqui no Ceará acompanhemos como irá se desenrolar todos os fatos nos próximos meses. Caso a MP 984 seja aprovada pelo Congresso, podemos estar acompanhando a extinção dos Estaduais como são atualmente e até a mudança de calendário.

Para o torcedor entender, listamos algumas situações que surgem do imbróglio entre Globo e Flamengo, que respingam em Ceará e Fortaleza.

Anúncios

Fim dos Estaduais como são atualmente: desde que fechou os contratos com os Estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro, válidos até 2024, a Globo entende que os atuais formatos são deficitários. A emissora ver no Brasileirão um produto mais atrativo para chamar anunciantes.

Ao cancelar o contrato com o Campeonato Carioca, apesar de ser da forma que estar se desenrolando, fica claro que a Globo viu ali a oportunidade de acabar com um contrato de um torneio que não tem poder para chamar novos patrocinadores, como havia na época da assinatura dos contratos. Uma reportagem do UOL do dia 23 de janeiro de 2020 que tinha como título “Globo que ‘reposicionamento dos estaduais’ para ter Brasileirão o ano inteiro”, traz o pensamento da emissora, que deseja internamente que o Brasileirão tenha mais meses que os oito atuais. Na época, a reportagem trouxe a fala do diretor de direitos esportivos do Grupo Globo Manuel Pinto, que fala abertamente sobre a questão.

“O calendário é um item de muita influência não apenas esportiva, mas também comercial. Somente uma competição nacional no ano todo seria capaz de trazer todos os brasileiros para assistir aos jogos nacionais. O torcedor do Ceará certamente prefere ver um jogo contra o Flamengo, contra Grêmio, ou mesmo contra o Avaí, uma partida relevante por disputa de vaga, rebaixamento e até para o Cartola (fantasy game da Globo)” disse o executivo da TV Globo.

Anúncios

A decisão acarretaria na mudança de calendário de Ceará e Fortaleza. A ideia da emissora seria diluir o Estadual dentro da temporada, junto com o Brasileirão. No primeiro momento a emissora não tem o plano de acabar os regionais. O plano da Globo é não perder assinantes do Pay Per View (PPV) e valorizar o seu principal produto. Vale lembrar que a empresa tem no PPV a sua maior fonte de receita com futebol, e no período sem jogos do Brasileirão o canal de transmissão da empresa perde um número considerável de clientes. Reposicionar seria reduzir a perda de assinantes estendo o Brasileirão.

Uma das medidas que o presidente do Bahia , Guilherme Bellintani, sugeriu no Twitter, foi que os clubes teriam que se adaptar a situação. Devem criar uma equipe sub-23 para disputar o Estadual,que não traz praticamente nenhum retorno financeiro para os times. Atualmente, os Campeonatos Estaduais só são vantajosos para Rio de Janeiro e São Paulo, onde os pequenos recebem mais que times como Bahia, Ceará e Fortaleza, pelo seus respectivos regionais.

Anúncios

Bahia, Vitória e Athletico/PR já colocam equipes sub-23 nos seus Estaduais. Os três clubes entendem que é um campeonato deficitário e que o Brasileirão precisa ocupar um espaço maior do calendário. Ceará e Fortaleza precisam começar a ter o mesmo entendimento. Talvez não fosse a ideia da Globo abrir mão do Campeonato Carioca, mas dentro de um mercado bastante turbulento, o maior grupo de comunicação do país tem mais a ganhar do que perder a longo prazo. Para Bellintani, o atual imbróglio entre Flamengo e Globo e a MP 984 podem ser o marco de uma mudança de calendário e do fim de Campeonatos regionais deficitários.

“Um Brasileirão de nove meses com pré-temporada de 40 dias deixaria tudo melhor. E eu troco fácil um título estadual por três pontos a mais no Brasileirão, em vez de precisar poupar titular. Clubes nacionais nunca serão mundiais jogando estaduais” disse Guilherme Bellintani no Twitter.

Anúncios

Os Estaduais não conseguem se manter sem a Globo. Então, dentro de um cenário que deve deixar os campeonatos ainda mais deficitários, Ceará e Fortaleza não podem ficar para trás. Nos próximos anos, o Campeonato Cearense deve servir como laboratório. Os clubes cearenses precisam valorizar ainda mais a Copa do Nordeste e brigar por um calendário mais longo de Brasileirão. Desta forma poderão conseguir maiores valores nos contratos de patrocínios, e caso a MP 984 seja aprovada, no longo prazo consigam aumentar os valores dos contratos de transmissão.

No futebol profissional, um clube não pode jogar um campeonato que não enche os estádios, que tenha baixo nível técnico, que não atrai novos anunciantes e paga muito pouco pelos direitos de transmissão. Mas do que uma resposta ao Flamengo, com a rescisão dos contratos do Campeonato Carioca, a Globo avisa aos clubes que eles precisam olhar para o futuro. E nesse futuro, campeonatos estaduais não podem tomar um espaço relevante do calendário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s