“CanGAYceiros”: conheça o time cearense LGBTQI+ que luta por igualdade

Foto: Divulgação

Confira a entrevista

O futebol é um dos ambientes mais agressivos e intimidador para um homossexual tentar algum espaço. Mesmo com um preconceito enraizado desde os primórdios do esporte bretão, a luta nunca parou e ganha cada vez mais força.

Nos últimos anos, os gritos e cantos homofóbicos e transfóbicos não são mais tolerados no futebol. Desde agosto do ano passado, o STJD, já havia determinado que clubes cujas torcidas tiverem esse comportamento sejam punidos com multas ou perda de pontos na tabela do Brasileirão.

Um dos bons exemplos de luta contra homofobia, o CANGAYCEIROS, é um time formado por LGBTQI+ atuantes em Fortaleza para lutar por igualdade e inclusão no futebol.

Como surgiu a ideia de criar o Cangayceiros e qual o principal intuito do projeto?

A ideia do Cangayceiros F.C surgiu a partir da postagem de um dos integrantes do clube em uma rede social. Na postagem, levantou-se o questionamento sobre quem jogava ou gostava de futebol e naquele momento houveram várias interações no post, em que as pessoas relaram sobre desde quando elas jogavam futebol, outras falaram que deixaram de jogar por conta da LGBTfobia, entre outras assuntos.

O intuito principal do clube é mostrar que todxs podem estar inseridos no esporte; dizer que a LGBTfobia não tem mais espaço em nenhum lugar; conscientizar a sociedade da importância da diversidade; afirmar que cantos, ações e movimentações LGBTfóbicas são crimes. E por mais que vários clubes estejam fazendo campanhas para a quebra deste tabu, dentro e fora dos estádios, ainda presenciamos casos e atitudes machistas e de LGBTfobia e preconceito. E nós, como movimento social pela diversidade, queremos existir e resistir, e continuar quebrando barreiras do preconceito e da ignorância da sociedade.

O time é formado apenas por LGBTQIA+?

Sim, hoje o clube é formado por apenas pessoas da comunidade LGBTQIA+. Nossos atletas já praticaram inúmeros outros esportes, mas viram no futebol a oportunidade, além de jogar, de levar um debate sobre a inclusão no esporte. Todo e qualquer LGBT será sempre bem-vindo ao nosso clube.

Quais foram/são as principais dificuldades?

As principais dificuldades é a resistência de pessoas que acham que o esporte não pode ser um espaço pra comunidade LGBTQIA+, dentre outras, como: encontrar apoios e parceiros que possam nos fortalecer na caminhada contra a LGBTfobia.

Vocês jogam amistosos ou competições oficiais de futsal ou fut7? Jogam com héteros também?

Ainda não jogamos amistosos ou competições oficiais, mas já fomos convidados para jogos da comunidade LGBTQIA+ de visibilidade nacional. Em breve, retornaremos as atividades e estaremos marcando amistosos e participando de competições.

Qual a maior realização do projeto desde que foi criado?

A maior realização do Cangayceiros foi algumas ações que fizemos voltadas às pessoas em situação de vulnerabilidade e confraternizações que fizemos antes da pandemia, bem como ganhar destaques nos jornais locais.

Como estão movimentando a equipe em tempos de pandemia?

Um grupo de troca de mensagens é o espaço onde nós mais nos movimentamos. Lá, abordamos diversos temas que impactam na nossa realidade, debatemos assuntos pertinentes à sociedade e ao nosso grupo, e tentamos sempre descontrair ao máximo. Durante esse período de pandemia, por incrível que pareça, conseguimos nos reajustar e entregar algumas novidades para o time, as quais não conseguimos entregar durante o primeiro ano do clube e que agora conta com corpo dirigente.

Além disso, participamos de um reality show nacional chamado “BBBixaBrasil” que, através de uma rede social em um sistema de lives, promoveu a interação com clubes de outros estados, como: Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas, Sergipe, Distrito Federal, Minas Gerais, entre outros. Com isso, conseguimos dar uma maior visibilidade ao clube em caráter nacional, fazendo nossas redes terem inúmeros acessos simultâneos.

Também estamos promovendo ações diretas de informação como: lives, talkshows e outras interações virtuais, a fim de amenizar esse período pelo qual estamos passando.

Qual a história mais engraçada e a mais triste que vocês já presenciaram com o Cangayceiros?

As histórias mais engraçadas foram com o Onassis Ribeiro, pois ele sempre colocava uma caixa de som para todxs dançarem, fazia coreografias, e contava seus contos, os quais eram engraçadíssimos. Ele foi sempre o que divertia a todxs. Mas, infelizmente a mais triste foi a perda dele nesse mesmo ano, no dia 24 de janeiro.

Já jogaram ou foram convidados para a Champions Ligay?

Ainda não jogamos, mas pretendemos. Houve o convite recente para participar da próxima Ligay, porém, é algo que precisamos de um grande investimento e isso requer planejamento e gestão. Alguns custos como inscrição, hospedagem, translado, uniformes são bem elevados. Mas já estamos se planejando, para quem sabe, ir lá e trazer o troféu pra nossa capital.

Manda um recado para todos os amantes do futebol que são LGBTQIA+ e que têm medo ou deixam de jogar futebol por causa da homofobia.

Você que gosta de futebol, mas tem algum trauma do passado por ter sofrido alguma atitude LGBTfóbica no esporte, você que nunca jogou ou você que tem curiosidade de aprender a jogar, o Cangayceiros é um espaço acolhedor, onde se pode fazer amigxs. Hoje muitos de nós dizem ser uma família e de fato somos, além de sermos como coração de mãe, que sempre cabe mais umx. Por isso, convidamos a todxs para nos conhecer quando os rachas voltarem e a assistir aos jogos.  Lá, você vai perceber a energia boa, ver que o ambiente é agradável e sentir-se à vontade para jogar com a gente. Se você não conhece o Cangayceiros F.C, dá uma olhada no nosso Instagram e, qualquer dúvida, chama no direct. Você será super bem-vindo ao nosso clube. 🌵❤️

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s