FC MEMÓRIA – Da lanterna à glória: o acesso que recolocou o Ceará nos trilhos

Vovô retornou à elite depois de 16 anos

“Ceará vence o São Caetano por 2 a 1 e sai da lanterna da Série B.” No dia 16 de junho de 2009, o Ceará conseguiu a sua primeira vitória na Série B e saiu da zona de rebaixamento. Naquela noite, Erivelton e Fabrício marcaram os gols do Vovô. Com o recém-chegado PC Gusmão no comando, o Vovô engrenou dentro da competição até conquistar o acesso contra a Ponte Preta, em Campinas, e voltou à elite depois de 16 anos seguidos disputando a Série B.

A vitória por 2 a 1 será reprisada pela TV Verdes Mares no domingo, 7, às 16 horas.

Campanha

3º Lugar

38 jogos
19 vitórias
11 empates
8 derrotas
54 gols marcados
34 gols sofridos

Artilharia
13 – Geraldo
7 – Preto
6 – Wellington Amorim
5 – Misael e Mota
3 – Fabrício e Reinaldo
2 – Arlindo Maracanã, Careca, Erivélton e Sérgio Alves
1 – Anderson, João Marcos e Michel

Média de Público: 22.617

Muito mais que um retorno a Série A, o acesso de 2009, até hoje, representa uma mudança de patamar na história do Ceará. Com o clube afundado em dívidas e com poucas alegrias a torcida nos anos 2000, o final da década foi especial e uma lavagem de alma para o torcedor.

Após uma década de 90 quando terminou tetracampeão estadual, chegou a final da Copa do Brasil e disputou a Série A, o Ceará viu de 2000 a 2008, o Fortaleza dominar a hegemonia local e conquistar dois acessos nesse período.

Com Evandro Leitão na presidência do clube, o Vovô começou uma drástica mudança nas políticas internas, na questão salarial dos jogadores e na estrutura para os profissionais exercerem o futebol em alto nível. A semente foi plantada, regada, colhida e replantada para que o clube continuasse crescendo após o Vovô retomar os caminhos das glórias.

Momentos marcantes

Além da primeira vitória contra o São Caetano e a último triunfo contra a Ponte Preta, o Ceará tem vários momentos marcantes na campanha que culminou com o retorno a primeira divisão. O primeiro triunfo fora de casa contra o Brasiliense, por 1 a 0,  quebrou a série de dois anos sem vitória fora de casa pela Série B.

Outro duelo bastante lembrado pelos torcedores é a vitória por 5 a 1, em Natal, contra o América. A partida marcou a estreia do ídolo Mota. No primeiro turno, o Ceará foi derrotado pelo Vasco por 2 a 0, no Castelão, mas deu o troco, em pleno Maracanã, pelo mesmo resultado.

Nem só de triunfos se vive uma campanha e algumas derrotas também podem fortalecer. O revés diante do Paraná, com gol de mão do rival, uniu ainda mais o elenco.
Um ídolo histórico do Vovô entrou em cena quando se precisou de um herói. Contra Brasiliense e Bragantino, Sérgio Alves entrou e foi decisivo para o acesso alvinegro, nas vitórias por 2 a 1 e 2 a 0, respectivamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s