Experiência e qualidade: Rafael Sóbis, Vinícius e Fernando Prass tem ótimos números em 2020

Guto Ferreira terá três pilares com experiência e qualidade

Até a parada do futebol devido a pandemia causada pelo Corona Vírus que já vitimou mais de 32 mil pessoas (número já deve ter aumentado) no Brasil, o Ceará passava por um processo de reconstrução e afirmação na temporada. Com grandes reforços e uma base mantida, o Vovô começou o ano com atuações ruins e resultados abaixo do esperado.

Após um empate em 0 a 0 contra o ABC, pela Copa do Nordeste, o treinador Argel Fucks, que havia comandado o Ceará na reta final da Série A do ano passado, e traçado o planejamento para 2020, foi demitido. Para o seu lugar, o Alvinegro repatriou Enderson Moreira, que já saiu para o Cruzeiro, e deu um padrão de jogo ao time e bons resultados nas competições.

Com o time em evolução, as individualidades de cada jogador passaram a sobressair. Três dos principais reforços para 2020, Rafael Sóbis, Vinícius e Fernando Prass chegaram com muito ‘status’, foram criticados logo no começo e já deram a volta por cima com ótimos desempenhos.

O atacante demorou a marcar o seu primeiro gol em 2020, mas assim que desencantou, o experiente jogador virou o artilheiro e o principal destaque ofensivo do time com cinco gols marcados em doze jogos. O camisa 11 tem 7 participações diretas em gols do Ceará na temporada.

Outro expoente técnico do Vovô na temporada, o meia Vinicius chegou repleto de expectativa, oscilou, mas vem demonstrando um bom futebol no clube. O meia é peça importante no esquema adotado pelos treinadores por sua verticalidade e chegada de frente na área adversária com muita precisão.

Vina, como é chamado, é tão importante que é o primeiro jogador do Brasil no quesito assistências. Segundo o Footstats, o meia deu seis passes para gols e é o melhor do país na categoria até então. Além disso, o camisa 29 marcou mais três gols no ano.

Na meta defensiva, aos 41 anos, Fernando Prass chegou com esperança e desconfiança por parte dos torcedores. A qualidade e a carreira do goleiro eram inquestionáveis, mas os poucos jogos em 2019 e a idade avançada incomodavam algumas pessoas.

Após um início turbulento e com algumas falhas, o arqueiro se tornou peça primordial para o sistema defensivo do Vozão. Contra o Oeste, pela Copa do Brasil, pegou dois pênaltis, um no tempo normal e outro na disputa de penalidade, e garantiu a classificação da equipe.

O experiente jogador tem  5 Clean sheets – plural de clean sheet – quando não sofreu gol em uma partida – sendo 38% dos jogos. Prass tem uma média de cinco intervenções difíceis por jogo.

O Vovô voltou aos treinamentos físicos, mas ainda não tem previsão de retorno ao futebol. O que se sabe, quando voltar, é que Guto Ferreira terá três pilares com experiência e qualidade para facilitar a imposição das suas ideias dentro de campo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s